Para contactar ligue: .
(0049) 160 97372982

Paderborn voltou a ser a capital do Fado na Alemanha

Fez-se silêncio na Kulturwerkstatt da cidade alemã de Paderborn para se ouvir cantar o Fado na noite do passado dia 7 de novembro.

Numa sala repleta de um público multicultural, com lotação esgotada, cerca de 300 pessoas assistiram àquela que foi a 24.ª Noite de Fado dinamizada pela magnífica e incansável equipa dos Lusitanos de Paderborn e.V.

No início e durante a noite todos os presentes tiveram a oportunidade de degustar a gastronomia portuguesa, toda ela caseira. Desde o caldo verde, passando pelos bolinhos de bacalhau e rissóis entre outros salgados típicos, havia também as tão tradicionais doçarias, entre as quais os tão famosos pastéis de nata. Também as bebidas eram portuguesas. Deste modo, a equipa dos Lusitanos de Paderborn e.V. mais uma vez reuniu todos os esforços para trazer não só a música e cultura portuguesas, mas também a nossa magnífica gastronomia até Paderborn.

Num discurso de abertura muito orgulhoso e sentido, Artur Domingues, em representação dos Lusitanos de Paderborn e.V., agradeceu à sua equipa, aos patrocinadores e a todas as pessoas que contribuíram para que estas Noites de Fado se realizem, salientando que tudo fará para que estas mesmas continuem a existir no futuro. Posteriormente relembrou que em palco iriam estar as fadistas Matilde Larguinho, Nazareh Pereira, e o grupo Gerações, constituído pela fadista Suzana Pais e pelo fadista João Marques, e ainda pelos músicos Ivo Guedes, na guitarra portuguesa, Miguel Ruas, na guitarra clássica e Vítor Fonseca, na viola baixo. Artur Domingues revelou ainda que, na segunda parte desta 24.ª Noite de Fados, iria aparecer uma “fadista surpresa”, que mais tarde se verificou ser Sara Duarte, uma jovem fadista vinda de Portugal, tal como aconteceu com Matilde Larguinho. Estes cinco fadistas cantaram e encantaram o público presente com as suas magníficas vozes, tendo trazido aos presentes um leque muito variado e diversificado do nosso Fado, património imaterial da humanidade desde 27 de novembro de 2011, tendo permitido sentir um pouco de portugalidade na Alemanha.

O público alemão presente, amante do Fado, pedia com muita euforia no final que se cantasse “Uma casa Portuguesa”, acompanhando com muito entusiasmo todo este Fado, mostrando que também eles sabem a letra desta canção tão tipicamente portuguesa.

Fica aqui o convite para que possa sentir um pouco de Portugal, da nossa gastronomia e do nosso Fado no próximo dia 19 de novembro de 2016, naquela que irá ser a 25.ª Noite de Fado realizada pelos Lusitanos de Paderborn e.V.

[Redação Correio Luso]

Noch keine Kommentare bis jetzt

Einen Kommentar schreiben

*