Para contactar ligue: .
(0049) 160 97372982

Lusitanos de Paderborn celebram a 25.ª Noite de Fados

Realizou-se no passado dia 19 de novembro, na Kulturwerkstatt em Paderborn a 25.ª Noite de Fados realizada pelos Lusitanos de Paderborn.

Cerca de 325 pessoas assistiram às “Bodas de Prata” desta magnífica Noite de Fados com que os Lusitanos de Paderborn nos têm vindo a honrar há 25 anos. Tal feito fez com que já se tivesse ouvido dizer por várias vezes que Paderborn é a capital do Fado na Alemanha.

Este ano, o público multicultural presente assistiu às magníficas atuações das fadistas Sara Duarte, Cláudia Madur, Suzana Pais e Ana Laíns, acompanhadas pelos magníficos músicos Mário Henriques, Bruno Brás, Paulo Loureiro, António Neto e Ivo Guedes.

Para que estas Noites de Fado nos façam sentir estar em Portugal, a maravilhosa e incansável equipa dos Lusitanos de Paderborn, constituída por cerca de 20 pessoas, preparou muitos “comes e bebes” tipicamente portugueses, que o público presente teve oportunidade de degustar durante toda a noite. Falámos com a Senhora Sandra Tanganho, residente na Alemanha há 25 anos e membro dos Lusitanos de Paderborn há 23 anos, que nos explicou que toda a comida desde as bifanas, os pastéis de bacalhau, as pataniscas de bacalhau, passando para os rissóis de frango, os rissóis de leitão, os rissóis de atum, os rissóis de polvo, o caldo verde, entre outros são caseiros. Havia ainda bebidas e as tradicionais doçarias portuguesas, entre as quais diversas variedades de bolos, como por exemplo bolo de xila, bolo de amêndoa e diversas tartes bem como os tão famosos pastéis de nata. Segundo Sandra Tanganho é com um enorme orgulho que os Lusitanos de Paderborn organizam, preparam e dinamizam esta Noite de Fados. Também o seu marido, seus filhos, de 23, 19 e de 8 anos, bem como (futuros) genros e noras dos elementos deste grupo, independentemente da sua nacionalidade, também ajudam para que esta noite corra sempre tão bem, e tornam o trabalho de equipa muito agradável. Revelou ainda fazer parte do grupo por “ter orgulho no nosso país!” Assim, explicou que o trabalho no dia da Noite de Fados se inicia às 13 horas, havendo no entanto os bolos, o caldo verde e as moelas, por exemplo, que são preparados em casa. Há outra comida que é frita no próprio dia já na cozinha da Kulturwerkstatt. No final da entrevista confessou ser gratificante e um orgulho quando todas as pessoas agradecem, felizes, o trabalho que os Lusitanos de Paderborn tiveram e o espetáculo a que puderam assistir.

Falámos também com Artur Domingues, o “rosto” dos Lusitanos de Paderborn no final da Noite de Fados e pedimos-lhe para revelar um pouco mais sobre si. Confessou-nos que por razão do destino foi parar ainda muito jovem à cidade de Paderborn. Foi atleta do Benfica e sentia-se com necessidade de fazer uma atividade qualquer nesta cidade alemã que unisse e divertisse a comunidade portuguesa. Para além deste voluntariado que pratica, trabalha há 34 anos numa empresa. Os Lusitanos de Paderborn representam para si “uma criancinha”, que ele está sempre disposto a cuidar. Diz ter uma grande honra em servir esta comunidade portuguesa sem ter quaisquer outros interesses. Faz o que faz por ter muito gosto, e não porque o tem de fazer, sempre apoiado pela sua equipa que diz ser “5 estrelas” esem a qual ele não é nada. Considera ser apenas “o maestro dessa riquíssima orquestra”. Confessou estar muito emocionado e muito sensibilizado com tudo o que fizeram nesta 25.ª Noite de Fados. Perguntamos ainda a Artur Domingues como explica a sua paixão pelo fado, ao que nos respondeu que o fado “é uma coisa que nasce connosco. Diz ter uma fé muito grande, uma força interior e “meteu na cabeça” que tinha de realizar a 25.ª Noite de Fados nos moldes e “da forma que ela se realizou”. Acrescentou ainda que a qualidade dos músicos e das fadistas presentes ainda davam muito para falar.

Para quem não pôde assistir a esta magnífica noite, fica aqui o convite para que possa sentir um pouco de Portugal, da nossa gastronomia e do nosso Fado no próximo dia 18 de novembro de 2017, naquela que irá ser a 26.ª Noite de Fado realizada pelos Lusitanos de Paderborn.

[Redação Correio Luso]

Noch keine Kommentare bis jetzt

Einen Kommentar schreiben

*