Para contactar ligue: .
(0049) 160 97372982

Fez-se silêncio e cantou-se o fado em Paderborn

Os Lusitanos de Paderborn e.V. dinamizaram na noite passada, na Kulturwerkstatt em Paderborn, a 23.ª Noite de Fados, com a presença das magníficas fadistas Filipa Sousa e Joana Veiga, acompanhadas pelos igualmente exímios músicos Ivo Guedes, Bruno Costa, e Jorge Carreiro.

Numa noite com lotação esgotada, em que o público multicultural, chegou muito antes da hora do espectáculo, os presentes puderam contactar com a gastronomia portuguesa, toda ela feita pelas mãos incansáveis dos Lusitanos de Paderborn e.V.. Antes do início da Noite de Fado propriamente dita, muitas pessoas mataram saudades da verdadeira gastronomia portuguesa com um típico caldo verde, uma bifana, rissóis e/ou pastéis de bacalhau, entre outros, acompanhados por excelentes bebidas portuguesas, não esquecendo muitas das doçarias típicas, entre as quais os tão famosos pastéis de nata.

Após um breve discurso de Artur Domingues, em representação dos Lusitanos de Paderborn e.V., fez-se silêncio em Paderborn, a “capital do fado” na Alemanha, e cantou-se o fado. Filipa Sousa e Joana Veiga deram início a esta magnífica Noite de Fado, cantando à desgarrada, tendo, posteriormente, as suas interpretações fenomenais do nosso fado sido alternadas e por vezes interpretadas por ambas as fadistas. Estas jovens fadistas da chamada “nova geração” de fado aqueceram calorosamente o ambiente na Kulturwerkstatt em Paderborn, ao interpretarem diversos temas para o público presente que era composto por mais de sessenta por cento de alemães, todos eles amantes do fado e da língua e cultura portuguesas. Após o intervalo, Artur Domingues despediu-se de Manuel Correia da Silva, o ex-Cônsul do Vice-Consulado de Portugal em Osnabrück, que informou que está de partida para Portugal. Após uma troca de presentes entre ambos, deu-se início a uma segunda parte em que os fantásticos músicos Ivo Guedes, Bruno Costa, e Jorge Carreiro puderam demonstrar os sons puros da guitarra portuguesa, da guitarra clássica e do baixo. Numa segunda parte, que foi ainda mais interativa, toda a plateia continuou a vibrar com o fado, interpretando também, de forma muito afinada, as canções e aplaudindo euforicamente.

Para que não perca uma próxima Noite de Fado, acompanhe toda a informação no site www.lusitanos-paderborn.de uma vez que, segundo Artur Domingues, poderá haver uma outra Noite de Fado para além daquela que se irá realizar em novembro do próximo ano.

[Redação Correio Luso]

Noch keine Kommentare bis jetzt

Einen Kommentar schreiben

*